À mim mesma, em mãos

/
18 Comments
  "Prepare-se para a visita de grandes monstros. Estes te perseguirão a cada nova fase. Você terá vontade de correr, se esconder e seguir em frente. Mas saiba que eles voltarão e você nem mesmo os reconhecerá. Virão disfarçados. E não se engane: muitos camundongos, às vezes, se vestem de dinossauros. E o contrário também acontece. Então, desde já, arme-se de coragem e eles próprios se assustarão. Coragem, pequena, é dar o primeiro passo."




    Agora que está prestes a completar quinze anos, te entrego esta carta. Ela vem do futuro. Seu futuro. Saiba que a sua vida vai mudar, menina. E muito. Prepare-se para a visita de grandes monstros. Estes te perseguirão a cada nova fase. Você terá vontade de correr, se esconder e seguir em frente. Mas saiba que eles voltarão e você nem mesmo os reconhecerá. Virão disfarçados. E não se engane: muitos camundongos, às vezes, se vestem de dinossauros. E o contrário também acontece. Então, desde já, arme-se de coragem e eles próprios se assustarão. Coragem, pequena, é dar o primeiro passo.
    Seus pais superarão o divórcio. Seu irmão casará e terá duas lindas meninas, gêmeas, que trarão um pouco mais de luz à sua vida. Mas ele irá se separar, também. Sua mãe, finalmente, casará de novo e será, do jeito dela, muito feliz. O mesmo acontecerá com o seu pai. Duas vezes. E, no intervalo de uma coisa e outra, você irá imaginar, em segredo, se sua vida também estará fadada aos desencontros do amor.
    Logo adianto: a resposta é sim. Você vai amar. Vai amar muito e será amada em troca também. Você vai machucar e vai sair machucada. Chorará lágrimas de tristeza e alegria. Encontrará paixões que durarão a eternidade de um punhado de meses. Um pouco mais, um pouco menos. Aprenda, pois, que existirão paixões de bolso e paixões de uma vida. Não acredite nas que parecerem de cinema. Serão essas as verdadeiras ciladas. E, então, você - que julga ter o coração gelado - se apaixonará. Uma, duas, três vezes, até que, sem querer, conhecerá o homem que balançará a sua vida. Seu marido. Mas não se preocupe agora, aproveite a solteirice enquanto puder! E, acredite, este é um ótimo conselho.
    Foque nos seus estudos, por favor. Não dê ouvidos à quem não merece. Escola pública é um problema e, ao crescer, verá que não são apenas as escolas. Um dia você entenderá mais sobre o SUS e perceberá o que estou falando. Mas, por enquanto, estude. Estude muito. No próximo ano você irá para uma escola de formação de professores e precisará fazer melhor do que está fazendo hoje. Livros, fórmulas e regras não são tão ruins assim: dê uma chance aos pobrezinhos.
    A verdade vai além disso: dê uma chance a si mesma. Não seja tão rude assim, não cobre tanto de si. Melhore esse humor, abra mão desse medo que te engole. A propósito, ele se transformará em ansiedade se você não der um jeito nele agora mesmo. Libere-se mais dos olhos árduos da sociedade. Confiança será a chave do seu sucesso, pequena. 
    Se seremos felizes? Não se preocupe com a tirania da felicidade. Isso virá com o tempo. Você viverá ótimos momentos, conhecerá pessoas incríveis e visitará lugares fantásticos. Ganhará dinheiro suficiente pra viver bem, dormirá todas as noites nos braços de alguém que te ama, seus melhores amigos de hoje ficarão com você pra sempre na sua jornada, mesmo que de longe. Você terá uma casa harmoniosa, voltará a escrever, terminará os estudos, se aproximará mais da sua mãe, sentirá saudades de metade das coisas desse mundo, até das que nunca viveu - e irá atrás delas. E esse é apenas o início. Aproveite-se.
    



You may also like

18 comentários:

  1. kkkkkk PORRETA, dona moça! É a vida como ela é na atualidade, né não? Ômodeu! kkkkkk

    E que carta? Uma mão na roda da moça, ao certo, ela tem nas mãos o ouro futurístico da sua caminhada... Rapapazzz! kkkkkkkkkkkkkk

    Excelente texto! E a vida atual se faz assim de enlaces e desenlaces nupcionais, repare... kkkk

    O texto, a realidade nua e cruaaaaa! kkkkkk

    É isso dua menina!

    O Sibarita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seria tão bom se a gente pudesse ler uma coisa assim, né? O problema é que acho q a gente não daria ouvidos... Eu, pelo menos, não daria. Eu acho. kkkkk
      Valeu o elogio, seu moço!
      Beijão!

      Excluir
  2. Ola Vivian,
    Uma maravilhosa carta do futuro.
    Que bom seria se pudéssemos saber antes.

    Gostei da i´deia.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bandys
      Pois é, queria eu ter lido algo assim na minha adolescência. Mas fica a dúvida, eu teria dado ouvidos? rs
      Beijão :*

      Excluir
  3. Você anda estudando muito, menina Vivian!

    Excelente, essa elevação da auto-estima, de quem quer que seja.
    Suas palavras são incentivadoras.

    Grata por seu comentário.

    Bom fim de semana.
    Beijos da Luz, com estima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. =) obrigada pelos elogios, Luz!
      Ótima semana pra você :*

      Excluir
  4. Linda mensagem de incentivo e motivação para vida de agora e sempre.
    Um ótimo sabado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado :)
      Ótimo fim de semana, mocinha.

      Excluir
  5. Tacteei minha sombra caída
    Os ramos de uma magnólia cedem ao vento
    Ergui num deserto um castelo de raivas
    Segui numa distância infinita ladrilhada de mágoas

    Já não posso dar-te a mão, cheguei tarde
    Entre ruinas procuro o sentido, a razão
    Já não canto aos deuses, não rezo
    Já esqueci o sabor do desprezo, não desprezo

    Tracei um círculo de solidão
    Ausente do meu nome está o chamamento
    Jazem mudas as folhas de silêncio
    Errantes brumas ao sabor do vento

    Bom fim de semana


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  6. Queria receber uma carta dessas da minha eu futura.... kkkkk
    O problema é que, se soubéssemos como seria o futuro, a gente só ia ficar pensando no que vai acontecer, tentando evitar que aconteça. Até o "futuro" chegar, a gente acaba perdendo o presente ^^

    (nada a ver o que eu falei kkk).
    Gostei do texto, muito bom ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk tudo a ver o que você falou :)
      Vc tem razão, se a gente se prender muito no futuro, o presente passa que a gente nem vê!
      Beijão Marina!

      Excluir
  7. Nossa que lindo o texto.
    Muito profundo!!!
    Lindo blog...e já estou seguindo :)
    Bjokass

    http://www.livrosemarshmallows.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Kelly, obrigada pelas palavras.
      Fico feliz que tenha gostado (:
      Beijão

      Excluir
  8. gostei da carta.
    eu deveria escrever uma carta assim pra mim xp
    se fosse possivel.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria ter escrito há muitos anos atrás :/ rs

      Excluir
  9. Linda a carta. Me peguei pensando numa que fiz aos 12/13 anos e que guardei. É como uma carta a mim mesma no futuro, não me lembro o que escrevi, até leria se não tivesse escrito uma data lá pra ser aberta e eu me conheço bem o bastante pra não mexer, eu odiaria estragar isso porque, quando ler, não vou sentir toda a nostalgia que pretendia quando escrevi. Não sei por que estou falado isso, sua carta me lembrou a mim mesma, de certo modo, enquanto falava uma verdade universal: dê uma chance a si mesma.

    http://florescerepalavrear.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você escreveu de verdade? Que legal, muito interessante. Queria ter escrito uma pra mim há muitos anos atrás, quando eu não tinha tanto poder sobre o meu próprio destino. Fico imaginando se teria mudado alguma coisa :)
      Beijão, mocinha :*

      Excluir
  10. Ótimo Texto!
    Que bom se a nossa compreensão e o modo de encarar os ataques da vida fossem assim simples e fácil. Seria tão bom!
    Beijos!

    http://sweetbulunga.blogspot.pt

    ResponderExcluir