Quando a dor for inevitável

segunda-feira, novembro 26, 2012 Vivian Loreti 9 Comments

  "Mas é exatamente isso o que te impulsiona. É o medo de um emprego perdido que fará com que você trabalhe melhor. É o pé na bunda que levará você a pensar nos seus erros e ajudará a fazer diferente da próxima vez. É a aflição do não que fará você correr atrás do sim."




    Você também. O entregador de pizzas, Jim Carrey e eu. Todos passamos por momentos difíceis ao longo da vida, não há como correr. Achamos que será o fim, que não teremos outra chance e uma enxurrada de negativismo invade nossos pensamentos - e o nosso sono. Não há nada de errado com uma preocupação extra, uma aflição quando as coisas não vão bem. Pelo contrário, um período de vacas magras - emocional, físico ou financeiro - é, direta ou indiretamente, aquilo que fará você crescer.
    Apesar do velho clichê, nossos avós tinham razão: existem males que vêm para o bem. A tristeza, a preocupação, a saudade, a dor. Admito que nenhum destes sentimentos são bem-vindos em nossas vidas. Mas, aceitemos de uma vez, eles virão. Sempre vêm, mais cedo ou mais tarde. E devemos nos preparar para a visita dos grandes acontecimentos. Não somente para enfrentá-los, mas para sairmos lucrando.
    Corações quebrados, negócios quebrados, ego quebrado. Tudo isso dói. Saudade de alguém que não está mais aqui, dói. Mas certas coisas são inevitáveis. Tampouco são previsíveis. Mas é exatamente isso o que te impulsiona. É o medo de um emprego perdido que fará com que você trabalhe melhor. É o pé na bunda que levará você a pensar nos seus erros e ajudará a fazer diferente da próxima vez. É a aflição do não que fará você correr atrás do sim. É a dor da saudade que fará com que você preste mais atenção nas pessoas da sua vida. 
    A dor é comum a todos nós. E esta é uma sabedoria de bolso bastante útil para os momentos em que acreditamos que não há uma segunda chance. Mas a segunda chance nos é concedida todas as manhãs, ao raiar um novo dia. Que saibamos aproveitá-la da melhor maneira.
E, pra finalizar, mais uma sabedoria de bolso: se a dor for inevitável, não ouse passar por ela sem tirar algum proveito.



You Might Also Like

9 comentários:

  1. É exatamente como eu penso. O melhor esta por vir.
    Beijos moça, adorei.
    Uma super semana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, se não tiver como evitar, vamos ao menos aproveitar ne?
      Beijão mocinha
      Ótima semana!

      Excluir
  2. Bom dia!

    Gostei muito do teu trabalho.

    Abraços
    Sinval

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia Sinval!
      Muito obrigada pelo elogio, fico feliz que tenha gostado.
      Abraços!

      Excluir
  3. o melhor sempre está por vir.
    gostei muito :)

    ResponderExcluir
  4. Adorei sua sabedoria de bolso, vou tentar guardá-la aqui comigo ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahah sabedorias de bolso geralmente são ótimos conselhos :)

      Excluir
  5. A mais pura verdade...a males que vem pra bem. Plagiando...levanta, sacode a poeira e da a volta por cima.
    Vivian, parabéns pelo ótimo texto.

    Boa sorte, paz e luz.

    ResponderExcluir