Sobre as observações

domingo, janeiro 06, 2013 Vivian Loreti 14 Comments



    A cura do câncer, a extinção do HIV ou o teletransporte são coisas que, pra realização, necessitam de muito mais do que simplesmente aquilo que Deus nos deu. No entanto, as coisas mais simples e corriqueiras independem de ferramentas outras, senão aquelas que carregamos conosco diariamente: um corpo e um cérebro.
    Por simples, entenda as coisas que enfrentamos diariamente e que estão entranhadas em todas as nossas metas, em nossos problemas ou nos grandes acontecimentos. E justamente são estas coisas simples que mais nos trazem o oposto do contentamento, quando não são atingidas. O que acontece é que nos esquecemos da importância da simplicidade e que são estas as formas mais diretas de se alcançar a felicidade - ou o que se espera dela.
    Estamos tão ocupados na batalha do cotidiano, que nos esquecemos que a vida não é apenas sobreviver. Deveríamos observar mais. Este sim é o atalho pra vida. É o acesso à humanidade, é isto que nos torna mais humanos: a capacidade de observar.
    Experimente observar as pessoas ao seu redor. Você verá o quanto são diferentes. E que isso, meu caro, é maravilhoso. Enxergue suas qualidades e os seus defeitos, essa é a base de um ser humano. Essa é a beleza de ser o que somos, compreenda e aceite a diversidade. Observe que cada um tem uma janela pela qual espia o mundo lá fora. Tente olhar da janela do outro. Por mais que você acredite que um caminho seja o melhor, aceite a escolha de quem enxerga diferente. 
    Lewis Carrol, em Alice no País das Maravilhas, retrata a necessidade de olhar pela janela do próximo. Alice tentou diversas vezes fazer com que o ratinho gostasse da sua gata, Diná, pois estava certa de que seriam bons amigos. O ratinho, assustado, não estava pra conversa, tão grande que era o horror ao ouvi-la falar sobre seu querido bichinho de estimação. Então, Alice, ao reparar que poderia ter ferido os sentimentos do pequeno animal, diz: "Eu quase esqueci que você não gosta de gatos". E o ratinho, com raiva e medo, diz: "Gostaria de gatos se fosse eu?". 
    Observe também as outras formas de vida. A natureza, que luta pela sobrevivência assim como nós mesmos. Quando compreender o sentido da vida, passará a respeitá-la como algo precioso que deve ser cuidado - sem os clichês e a banalidade que se tornou tal menção.
    Observe os animais, o cachorro que se espreguiça ao levantar e, assim, garante mais energia pra brincar, pra correr e ser saudável. Observe o seu bom-humor e a sua vontade de amar, de curtir o momento, de apreciar a comida que consegue, porque não entende que amanhã terá tudo isso de volta. 
    Observe que você não está sozinho. E que precisa dos outros. Quando as mais simples de todas as coisas te tocarem, você entenderá o que é viver.



You Might Also Like

14 comentários:

  1. Uau Vivian!
    Excelente reflexão, principalmente para começar a semana!
    Muito bom pensar que, muito depende do nosso ponto de vista ou de como e o quê observamos.
    Isso pode nos levar a viver de uma forma bem melhor!

    Um beijo,
    uma linda semana pra ti!
    Jhosy

    http://meninamsicaeflor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Adorei o texto e concordo com o Jhosy!
    Kisses
    space-sweet-girl.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Gostei da mensagem! Continue assim, moça! mto bom o blog.

    ResponderExcluir
  4. Bem legal a mensagem! Gostei do seu blog, moça! Continue assim... ^^

    ResponderExcluir
  5. Para uma vida mais gostosa e realmente boa, devemos nos manter atentos à sequência de fatos ao nosso redor!
    Adorei o texto.
    Beijos, Cyn.
    http://ograndetalvez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Devemos sempre nos manter em alerta, ao que acontece conosco e quem está ao nosso redor.
    Amei o texto.

    Novo post lá no blog! Visite e comente.
    http://apenas-tedio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Anotei na minha agenda, a regra agra é observar!
    Fiquei encantada pelo seu blog assim que li o nome, em busco do meu coelho branco, e quando entrei e li seus textos adorei ainda mais. Você tem talento guria, segui e vou voltar sempre.
    http://denovomaisumavez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. É sempre bom tentar ver as coisas com os olhos do outro, o mais dificil é olhar os outros com os olhos deles sem deixar influenciar pela sua visão... vixi nem eu entendi o que eu falei.

    Adorei o novo visual daqui, muito lindo!

    ResponderExcluir
  9. Mudei o layout e tô com preguiça de colocar o "responder". Até pq eu não sei, rs. Mas então, vamos fazer manualmente kkk

    Jhosy .: Muito obrigada pelas suas palavras :)
    Bárbara Ximenes: Fico feliz que tenha gostado!
    Tanara Adriano: Obrigada! :D
    Juliana: Obrigada, você também!
    Unknown: Que bom que gostou ;)
    Cynthya Marangon: É isso aí, Cyn!
    Norton Almeida: Isso mesmo. Que bom que gostou :)
    Gabriela Freitas: Nossa, Gabriela, assim vc me mata! hahaha obrigada pelo elogio!
    Marina: Marina, você piscou e eu mudei o lay de novo kkkk Mas é isso mesmo que você disse, tem que sempre tentar ver com os olhos dos outros, sem se influenciar.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. olá muito bom,sabemos que muitos de nós criamos doenças maus costumes,temos que nos policiar 24h.

    ResponderExcluir
  11. Da observação do mundo, grande maioria das invenções científicas foram criadas. A loucura deste mundo, a correria, nos tira essa percepção tão importante da vida!!! Muito bom o texto!!!

    ResponderExcluir
  12. Eu adorei o seu texto, porque c olocou em palavras auilo que eu sempre pensei. Acho que um dos nossos maiores prolemas hoje é essa falta de observação. O ser humano não se preocupa mais em desvendar um ao outro, a gente presta muita atenção nos outros quando é para fazer fofoca, mas, muitas vezes deixamso passar detalhes sobre aqueles com quem convivemos, eisso não pode acontecer, porque a vida é feita de detalhes, afinal.
    bjs
    naquelemomentoeujuro.blogspot.com
    Volte sempre.

    ResponderExcluir