Quando ela descobriu o que era amor

/
11 Comments


    - Então fica.
    - Eu já expliquei, preciso ir. Não faça isso comigo... 
    - No fundo eu ainda tinha esperanças de que você iria desistir de toda essa baboseira. 
    - Ei, não diga isso. Não é baboseira. É o nosso futuro. Vai ser bom, você vai ver.
    - Como isso pode se tornar algo bom? São trezentos e sessenta e cinco dias. Muito mais do que posso aguentar sem você...
    - Desde quando você aprendeu a ser tão dramática?
    - Não é drama, não. Me admira que você esteja tão bem e decidido. Não dói saber que você vai acordar todos os dias sem saber se ainda estou bem, se ainda estou viva, se ainda te amo?
    - Dói. Muito. Mas não quero falar sobre isso agora.
    - Não quer?! Que tipo de amor é esse que não se importa? Como alguém ama e não fica inseguro, não sente medo de uma possível perda ou menos que isso: não sente medo de não saber. Não saber o que eu visto, o que penso, com quem tenho saído, pra quem desejo bom dia e o último boa noite! Você chama isso de amor?
    - Não quero falar porque isso me machuca de tal forma que as minhas noites têm sido em claro desde que soube dessa viagem. Não quero falar porque discuti com todos acima de mim e tudo o que ganhei em resposta foi que era por ordem. Não quero falar sobre isso porque não sei o que vai acontecer comigo quando o navio partir e eu não puder mais ver o seu rosto, seus cabelos desarrumados pela manhã. Não sou eu quem vai ganhar o primeiro bom dia e o último boa noite e isso me dilacera o peito. Por isso não quero falar sobre isso agora. Porque eu te amo demais pra perder tempo com palavras, quando o tempo passa tão depressa.


You may also like

11 comentários:

  1. nossa pelo texto juro que da pra pensar que teu marido vai viajar xp

    ResponderExcluir
  2. Lindo texto!

    (não tenho muito o que dizer hoje... rsrs)

    ResponderExcluir
  3. É isso, um belo texto, instigante... e quando se descobre que é o amor, ai já viu, né? kkkkkk

    Oi Fia PARABÉNS pelo 08 de março, sem vcs mulheres o mundo não seria mundo, aimôpai! kkkkk

    veja homenagem pela da no Sibarita.

    O Sibarita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seu moçoooo muito obrigada pela homenagem, assim vc me deixa mto feliz pela lembrança!
      Beijão

      Excluir
  4. É isso, um belo texto, instigante... e quando se descobre que é o amor, ai já viu, né? kkkkkk

    Oi Fia PARABÉNS pelo 08 de março, sem vcs mulheres o mundo não seria mundo, aimôpai! kkkkk

    veja homenagem pela da no Sibarita.

    O Sibarita

    ResponderExcluir