Amor entre aspas: O que vem depois do felizes para sempre

/
12 Comments

casal
Imagem: autor desconhecido

Você há de concordar comigo: não existe sensação melhor do que estar apaixonado. Todo o frenesi do primeiro estágio, a descoberta do sentimento que ensaia nascer até o momento em que a raiz já se espalhou por todo o nosso corpo – todas as borboletas inquilinas do nosso estômago, por todo coração acelerado: desenfreadas são as delícias de estar apaixonado!

Amar e ser correspondido, então, é a verdadeira dança de corações em festa. Eu, ainda inexperiente e filha de pais separados desde que consigo recordar, lembro de, ainda criança, perguntar à minha avó como ela conseguia viver tantos anos com o meu avô. Não era possível, para aquela criança, que duas pessoas conseguissem conviver por tanto tempo e ainda assim se amarem.

Amor, disse a minha avó, é para aqueles que têm coragem de enxergar além do felizes para sempre. Na época não entendi muito bem o que ela quis dizer, acenei com a cabeça e fingi ter entendido o segredo do Universo. No entanto, hoje, ao rever as fotos de família, o primeiro pensamento martelador foi a frase intrigante da boa velhinha. Amar é ter coragem de saber que nem tudo será flores, mas ainda assim mergulhar de cabeça em toda essa confusão.

Se ainda estivesse viva, visitaria hoje a minha avó só para concordar: amar alguém é amar também todos os seus defeitos. Você pode até achar esquisito, mas é verdade. A geração atual tem mania de querer mudar o outro, moldá-lo diariamente para que, no final, haja punhados de clones espalhados pela redondeza. Mal sabem os desavisados das delícias de se envolver com as diferenças. Estamos destreinados a conviver com seres dotados de suas próprias personalidades e esquecemos o quão fascinante e enriquecedora pode ser esta experiência. Defeitos, diria à minha avó, são a prova real de que ainda existe o amor.

Isso porque é muito fácil amar o galã de novela das oito, o ricaço e o Sr. Perfeição. Mas onde ficam os tiques, chiliques e trambiques? Mais uma novidade para você, que espera um conto de fadas do seu relacionamento: já se perguntou por que todas as estórias – novelas, comédias românticas ou contos de fadas – terminam com o casamento do casal perfeito? O que vem depois da festa?

Pois eu te digo o que vem depois. Depois é que vem o amor. O verdadeiro amor não tem hora para surgir, é verdade. Mas cria raízes com a convivência. Se fortalece nas provas que a vida impõe. Depois da grande festa vem aquilo que a princesa não conhecia. O príncipe, apesar de amá-la demais, também ronca de madrugada. Também repete aquela palavra que te incomoda, faz cosquinha quando você quer falar sério e faz as necessidades de porta aberta. O príncipe, apesar de ser um fofo contigo, não consegue se dar bem com a própria família. O príncipe te ama. Mas não é perfeito.

Portanto, vozinha, onde quer que você esteja, saiba que eu concordo contigo: o amor é para aqueles que têm coragem de enxergar além do felizes para sempre.



Texto que escrevi para o Vinte e Poucos.


You may also like

12 comentários:

  1. Adorei o texto, acho que resumiu tudo!!!
    Nem sempre tudo são só rosas, mas sempre tem momentos que compensam os transtornos, as lutas etc
    bjs Bom Fim de Semana!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo, Ju. Sempre tem os momentos que falam mais alto que qualquer defeito.

      Excluir
  2. Que amoor, Vivian*-* Super concordo contigo... Tem tanta gente por aí querendo mudar os outros e não percebem que é nas falhas que se encontra a tal "perfeição". Amei o texto, e muito fofo o que tua vó disse♥
    Beijo,
    http://menina-do-sol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha ela era mto fofa, Vitória!
      Que bom que gostou do texto *.*
      Beijãoo

      Excluir
  3. Foi simplesmemnte um dos textos mais perfeitos que eu já li. Cada palavra, cada frase, cada tudo só traduziu aquilo que eu sempre tentei imaginar mas nunca consegui entender de verdade.
    Eu adoro os textos que você escreve, apesar de eu andar meio ausente aqui. E eu adoraria se você aceitasse fazer parte do post de divulgação do blog. É assim, toda semana eu divulgo um blog diferente e o seu tem textos perfeitos. Bom, se você se interessar é só me mandar uma mensagem ou um email para noutrolugar13@gmail.com
    Beijos
    barradosno-baile.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu adorei o convite, Amanda!
      Vou te enviar o e-mail *.*

      Excluir
  4. Nas novelas nunca mostram mesmo o que vem depois do casamento, se mostra, é porque um dos lados do casal vai conhecer outra pessoa e vai se separar. Novela que começa com casamento sempre termina com separação hsahsa'

    Minha mãe sempre diz que antes do casamento é um mar de rosas, e o que vem depois é que é dificil. Acho que conviver com uma pessoa, sendo casada com ela ou não, já é difícil. Porque (diferente dos personagens que a gente tanto ama) todo mundo tem defeitos, e para piorar, os defeitos que a gente mais detesta. Só precisamos aprender a amar esses defeitos - e aí é que mora o problema!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Depois de casar é que vemos, com a convivência, quem é a outra pessoa... e como toda e qualquer convivência, sempre rola estresse e problemas surgem. Mas o jeito é aceitar até onde o limite permitir e tentar superar as diferenças.

      Excluir
  5. Uau, que texto maravilhoso! Realmente a gente se engana muito, acha que será tudo as mil maravilhas, mas vem problemas e mais problemas e nos fortalecemos com eles, o amor cresce com eles. Muito lindo o texto *.*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também acho que o amor se fortalece nas horas difíceis, Samyleee!
      Que bom que gostou do texto *.*
      Beijoo

      Excluir
  6. Aaaaaaah Vi!
    Sou sua fã declarada! :D
    E concordo com a voz da sabedoria! Vós sempre sabem, não é!?

    E, sobre o viver com as diferenças, é justamente isso que nos faz crescer e nos torna pessoas melhores!

    Um beijo!


    http://algumasobservacoes.blogspot.com/
    http://escritoshumanos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Demorei de aparecer e quando volto a ler seus textos
    já começo com esse lindo e maravilhoso texto e o que mais me chama atenção e essa frase:

    "Amor, disse a minha avó, é para aqueles que têm coragem de enxergar além do felizes para sempre"...

    Lindo demais compartilhei nas minhas redes sociais e torço para que as pessoas possam ler esse tão maravilhoso texto.

    Muitos e muitos parabéns vivi.

    ResponderExcluir