Esquema demonstrativo da razão de viver com ela

/
9 Comments

♥♥♥

Ela diz que não escuto. "Surdo", costuma esbravejar enquanto me deixa sozinho em um canto qualquer. Sorrio apenas, achando graça dos seus olhos castanhos que se reviram em um looping de ironia e irritação.

Definitivamente, não nascemos um para o outro. Almas gêmeas são para os fracos. Bom mesmo é viver por um fio. E eu durmo muito melhor quando estou sem ela. Nos dois sentidos: na minha cama e na minha vida. Não me entenda mal, sou perdidamente apaixonado por esta mulher. Mas a gente não encaixa, simplesmente. Ela me deixa louco. E a loucura me fascina mais e mais.

Quando estamos bem, todo o resto desanda e minha vida entra em um nó que mandinga nenhuma desamarra. Achamos graça dos que suspiram e dizem que são almas gêmeas. Esse é o problema do amor: não dá certo em família. Fico feliz por ser o extremo oposto. Amor de verdade não é perfeito. Não finge, não exige, não fala entrelinhas. Afasta a longevidade do comodismo e se firma nas tão conhecidas qualidades. Isso é viver por um fio: conhecer todos os defeitos do outro e ainda assim ficar junto.

Elogios são bienais. Fala mal do meu cabelo, diz que não concorda com minhas ideias, reclama da barba que está sempre grande demais ou cerrada demais, diz que chuto sua perna enquanto durmo, fala que não consegue viver com tantos gatos e só uma bomba resolveria o problema do meu quarto. Mas não sobreviveria sem o meu amor.

As coisas andam sem ela. A vida fica igual a comercial de margarina no café da manhã. Sou promovido, ganho bônus, passo em concurso, ganho na Mega Sena. É o mundo conspirando a meu favor. Mas não se anime, não existe felicidade sem ela.

Com ela, são duas bocas que não se falam. Dois celulares desligados. São dois corações apertados. Duas vidas que se trombam e se fundem. Dois caminhos diferentes e várias doses de malmequer. E é isso que garante a nossa eternidade.

Com ela, é sempre por um fio. Graças a Deus.




You may also like

9 comentários:

  1. Só eu que acho esse tipo de coisa mais bonito? Acho que é por isso que não gosto de ler romances, o casal sempre se dá tão bem '-'

    Mais uma vez, lindo seu texto!

    ResponderExcluir
  2. amei o texto! achei muito fofo, e como sempre consigo imaginar todas as cenas e ações, vc escreve muito bem Vi!!! bjs

    ResponderExcluir
  3. Que super texto hein, adorei :)

    http://devaneiosdeuma-adolescente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Mais um texto primoroso!
    Adorei!!!
    Beijos

    www.meumeiodevaneio.com.br

    ResponderExcluir
  5. Esta é a graça de se viver, não?!
    Adoro como os seus textos me fazem sonhar!

    Um beijo,

    http://algumasobservacoes.blogspot.com.br/
    http://escritoshumanos.blogspot.com.br/
    http://nossocdl.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Que lindo... Super bem feito, cada detalhe da vida das personagens te maravilhando mais e mais. E que título! Estou encantada.

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso de ler esse texto, Vivian... e é bem assim, amor mesmo a gente conhece e encara de frente todos os defeitos... a gente se estressa um com o outro, discute, bate de frente com as opiniões mas não há felicidade plena sem a cia da pessoa bem do ladinho, hehehe!
    Beijos!
    http://duasepocas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    .
    Eu amei o texto, sei lá. rs é tipo. Na verdade não sei como me expressar. rs

    Parabéns.

    http://fernandabizerra.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Concordo com o texto. Amor bom é aquele por um fio, parece que cada dia vai explodir uma bomba diferente. Dá a sensação de que estamos vivos e de que estamos usando todas as nossas emoções.
    Eu andava com saudades do seu blog,
    beijão
    barradosno-baile.blogspot.com
    @torresaamanda

    ResponderExcluir